hisham hm

Quarta-feira, 31 de agosto

Andando pela Marquês de Abrantes, eu paro porque vejo uma multidão, a uma boa distância, olhando para um ponto. Algo aconteceu.

Assalto? Briga? Melhor ficar longe. Eu vou perguntar pro jornaleiro e reparo que ele está rindo da cena.

“Um cara aí desandou a gritar, aí atravessou a rua e foi se estranhar com outro que gritou de volta, contra a Dilma, a favor da Dilma, uma confusão!”

Eu tento identificar a confusão de longe pra ver se está tranquilo passar, mas já parece dispersa.

O jornaleiro diz: “ó, la vem ele!”

Um homem branco de terno e gravata, de uns 40 anos, com um sorriso de ponta a ponta, levando de mãos dadas a esposa, quieta. Ele segue balançando a outra mão pro alto e gritando pela rua “Quem votou em Dilma, votou em Temer!”, repetindo sem parar.


Add comment

Fill out the form below to add your own comments.

CAPTCHA imageReload imageAudible version of CAPTCHA-image